A FACE DE DEUS


Sua casa é aqui, atravesse o jardim,

Espalhe as sementes das dúvidas por ai,

Regue certezas e colha outras ideias.

Eu criei entre os sonhos desta noite,

Meus próprios pesadelos.

Senhor venha e me alimente com seus planos,

Imaculado que seja a dor eu não a quero mais,

Atravessando meu caminho outra vez.

Este pode ser meu destino nesta vida,

Mas quero ter a chance de escolher meus amigos,

De entender minhas crenças e de lutar por elas,

Quero amassar o barro, vou trazer à vida,

E enquanto eu estiver de pé, vou respirar seu ar.

As crianças brincam no parque enfrente a igreja,

Ouço os sinos badalarem e eles não me dizem nada,

Vejo através dos Salmos um alento,

Abraço a esperança que nasceu derepente,

Entre uma oração e outra vejo a face de Deus,

Ele esta triste, preocupado e com ar de descaso,

A árvore ali enfrente, trás a prosperidade,

As folhas caem e se espalham pelo chão,

O outono teve todo o domínio sobre o verão,

A primavera se lambuzou do inverno.

Quero que seu passo acelere até alcançar meus dias,

Atente-se ao que esta por vir,

Coloque seu casaco e dispa-se dos pudores,

Saiba que antes que o filme termine eu vou embora.


Destaque
Tags
Nenhum tag.
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W