UM DIA ESTRANHO


Em tudo que espero,

De curva e reto,

Em tudo almejo,

De bengala a cego,

A lembrança é o que desejo.

Vou embora e na esquina,

Sento na calçada fria,

Vou correndo até o outro lado,

Vejo um desejo imaculado,

A esperança é o meu traslado.

Passo a passo vou à direção,

Regozijo palavras em vão,

Passo a passo deixo minhas marcas,

Antecipo as ideias parcas,

A perseverança é farta.


Destaque
Tags
Nenhum tag.
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W