DE PONTA A CABEÇA


Quem diz pra ficar em silêncio,

É o primeiro a pedir socorro,

A nossa maneira de agir ,

Diz muito bem quem somos.

A suástica tatuado em seu braço,

Não me coloca em perigo,

Mas as palavras proferidas por você,

Me deixa em xeque-mate outra vez.

O medo da verdade se misturou com promessas,

Trouxe à baila antigas crenças,

Misturou de vez o certo com o errado,

Fazendo o momento acontecer de ponta a cabeça.


Destaque
Tags
Nenhum tag.
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W