ÁPICE DA PAIXÃO


Teu corpo já pegando fogo, Tenta abrasar os meus desejos, Você vem devagar me cheirando , me lambendo. Teu suor que são como pétalas de rosas, Colhidas no jardim de Afrodite, Molha meu corpo exalando um perfume embriagante. Sentamos, deitamos, rolamos, Deixamos o prazer fluir, Gritamos, sussurramos, sorrimos, Deixamos o corpo sentir. O cheiro de nosso prazer está impregnado, Nos lençóis, nas cortinas. Encaixados, fazemos os mesmos movimentos, Temos a mesma sincronia, a mesma sintonia inebriante, Voluptuosamente você me agarra, É olho no olho,é pele na pele, Por segundos somem-se os cinco sentidos, Juntos sentimos o ápice da paixão, É um gozo silencioso,mas irreversível, É uma cumplicidade aprazível, É um puro, suave e total deleite.


Destaque
Tags
Nenhum tag.
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W