TEMPOS ESTRANHOS


Em tempo de guerra vivemos trancados,

Medo exposto, pesadelos armados,

Janelas com grade, cercas elétricas,

Vida a menos, ideias geométricas,

Droga tragada, droga cheirada,

Jovens perdidos, juventude alienada,

Procurando motivo pra diversão,

Mães esperando o dia com a alma na mão.

A dor não cessou quando a bala perdida acertou,

Não foi só um corpo, sonhos ela ceifou,

Me diz agora para onde ir,

Faça-me o favor de não me seguir.

19/12/17


Destaque
Tags
Nenhum tag.
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W