O RAP DE UMA VIDA QUE FICOU PELA METADE


A sua liberdade termina quando a minha inicia,

Não adianta conversa fiada, meu grito te silencia,

A minha arma é mais poderosa que a sua,

Eu vou te matar se te encontrar na rua,

Não adianta mendigar pela sua vida,

O que te restou foi só uma história mal vivida.

O patrão te fez deitar no chão,

Antecipou sua morte ou era micro-ondas,

Ou tiro certeiro no coração,

As fileiras de cocaína entupiram seu nariz,

Deixou você sem direção, sua vida ficou por um triz,

A hora de ir embora chegou,você atirou a esmo,

Não entendeu que estava negando a si mesmo,

Ratátátá, bum, metralhadora e granada,

Seu corpo espatifou, sua mente foi esmagada,

Você se foi, cadê a cumplicidade, cadê a lealdade,

A história de mais um amigo meu ficou pela metade.


Destaque
Tags
Nenhum tag.
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W