QUANDO A TEMPESTADE PASSAR


Foi só um sonho, mas a realidade me seduziu,

Eram sorrisos conhecidos, eram rostos amigos,

Eu quero entender para mais tarde poder explicar,

Porque que as coisas boas chegam com o tempo,

E as melhores sempre chegam de repente.

Não sei por que, mas tudo que me protege me sufoca,

Eu tento te ensinar, mas sempre acabo aprendendo primeiro,

Sua vez vai chegar, é melhor acreditar que este é o seu destino,

E com o destino só se brinca uma única vez,

E esta vez para você já aconteceu.

Lembra-se quando você me disse que a solução era esperar,

Eu fiz de conta que era o certo, sentei perto da porta,

Esperei por quase três noites seguidas e quatro dias inteiros,

Deixei que falassem que a minha hora seria agora,

E daquele momento em diante eu escolhi meu sorriso mais sincero,

E dei-o para o mundo que estávamos construindo juntos,

E não observei assim que era a minha última cartada.

Você então apareceu ao meu lado e quis a minha atenção,

Eu flertei com o seu descaso, sua falta de vontade,

Erámos ainda crianças a procura de diversão,

Somos ideias que formaram pensamentos,

Somos de novo a tempestade que vai passar.


Destaque
Tags
Nenhum tag.
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W