AS CRIANÇAS NÃO PRECISAM NASCER ...


“... pra que exportar comida, se as armas dão mais lucro na exportação” com esta frase Renato Russo expõe parte de uma realidade crua e que reveste uma guerra, onde empresas ao redor mundo vendem o ingrediente certo pra que isto aconteça sem piedade e talvez deixando que as ambições os ceguem e não os deixem perceber que este mundo que eles ajudam a destruir é o mesmo em que eles vivem, onde as pessoas que morrem inocentes ou não, são feitas de carne, osso e sangue iguais aos deles.

Republica Árabe Síria um país localizado na Ásia Ocidental que com suas guerras internas financiadas por poderes e interesses externos mostra toda a podridão existente no coração e na alma humana. Como não se chocar com as imagens de crianças mutiladas, de homens e mulheres sendo destroçados por armamentos cada vez mais silenciosos e mortais. Como não se chocar diante da fome e sede que se abate por toda uma população que indefesa e incapaz de qualquer reação vê o presente ser despedaçado impossibilitando assim toda e qualquer expectativa positiva para um futuro, seja ele próximo ou distante.

E se voltarmos um pouco na história deste país, em resumo, podemos ver que em 2011 a Síria era devastada por uma grande crise onde o desemprego era pulsante e a miséria batia à porta e com isto alguns grupos insatisfeitos com a situação começaram um levante contra o governo de Bashar-Al-Assad. Em 2013 vendo a terra arrasada um grupo intitulado Estado Islâmico (EI) resolveu que tinha direitos a parte do território sírio o que veio e muito piorar, devido às práticas violentas de imposição do grupo.

Uma guerra cada vez mais intensa e sangrenta e que não tem dia ou ano pra acabar. Influências externas é que não faltam e com extremas mutações. Os maiores apoiadores explícitos desta carnificina são os U.S. A e sua inconstância de entendimento, no governo do Obama a prioridade era tirar o Assad do poder, entra o Trump e agora a prioridade é atacar o E.I e a Rússia que na contramão das opiniões americanas apoia o governo do Assad, devido a interesses de Moscou no país. E ai meus caros a guerra não acaba nunca e vai ficar cada vez mais sangrenta, já que russos e americanos estão a milhares de quilômetros dali tomando sua vodca ou comendo seu hambúrguer na segurança de suas casas.

O fim desta guerra não interessa a ninguém. Ninguém quer saber da Síria, a Síria esta esquecida, apenas é lembrada quando os foguetes com sarim mataram quase 100 pessoas e a maioria foram crianças, só é lembrada quando a foto de uma criança mutilada sendo carregada pelo seu pai, chega até nós através das redes sociais e choca a todos que além de vodca e hambúrguer, gostamos também de caipirinha e feijoada.

Que pare o sofrimento das crianças, que se faça uma esterilização coletiva em todas as mulheres e/ou homens sírios. As crianças não precisam nascer...

“Diante de uma larga frente de batalha, procure o ponto mais fraco e, ali, ataque com a sua maior força”.

Sun Tzu.

"Quando os ricos fazem a guerra, são sempre os pobres que morrem."

Jean-Paul Sartre

"Não conseguireis desgostar-me da guerra. Diz-se que ela destrói os fracos, mas a paz faz o mesmo."

Bertolt Brecht

That’s All Folks


Destaque
Tags
Nenhum tag.
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W