O ALQUIMISTA DE PRAZERES E DESEJOS


O tempo é de muito entender,

E não de criar vãs expectativas,

Nossos passos não podem mais se perder,

Entre ideias raras e pouco efetivas.

Quando no Outono o vento toca as folhas,

O chão fica logo belo e florido,

Então repasso minha vida, repenso minhas escolhas,

Distribuo sorrisos deixando meu mundo mais colorido.

Outra ilusão não vai apossar da minha alma,

Muito menos rodear meu coração apaixonado,

Que ao invés de se irritar pede calma,

E retira aquela sensação de um dia ser abandonado.

Quero ser um alquimista dos prazeres e desejos,

Para transformar sua tristeza em alegria,

Acordar de manhã me deliciando com seus gracejos,

E enfim colocar meu dia a dia em harmonia.


Destaque
Tags
Nenhum tag.
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W