FOI TUDO QUESTÃO DE TEMPO


Quero os sons perto de mim, Ei silêncio, agora não é a sua vez, Quero as cores enfeitando tudo em volta, Ei cinza, agora não é a sua vez. O infinito chegou e me mostrou o seu limite, Me disse pra eu não atravessar o rio, O rio que leva suas águas pra além das minhas vistas, E deságua atrás das minhas imaginações. Entre aquilo que eu acho ser o certo, E o que realmente seja correto, Existe tantas coisas para entender, Por exemplo saber a diferença entre querer e alcançar, Entre as flores, as rosas e o jasmim, Entender que toda história tem um começo, um meio e um fim, Não necessariamente um fim triste, Talvez um que seja só um epílogo, Como nos filmes de príncipes e princesas, Sempre pressupondo que eles viveram felizes pra sempre. 17/11/19


Destaque
Tags
Nenhum tag.
  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W