A LUZ DO AMOR

A redor da fogueira tem dois escorpiões, Eles preparam o ataque canibal, Cada um com seu ferrão, ataca, Cada um com sua sorte , defende. Olhei atrás do que chamamos amor, E vi haver uma sombra, Ela está escurecendo tudo em volta, Revendo o presente e o passando a limpo, Pra garantir uma luz no futuro, Pra garantir que ela seja plena e verdadeira. Enquanto vejo duas moscas voando, Contemplo os escorpiões, Eles agora ardem na fogueira , Cada um tem o ferrão cravado, Em seu próprio corpo, E eles morreram sem poder olhar nos olhos um do outro, Sem poder saber quem morreu primeiro , Sem saber se a sombra foi embora, Sem saber se o amor voltou a brilhar. 16/02/21

ResponderEncaminhar

Destaque
Tags
Nenhum tag.