ENTRE O AMOR E O PRAZER

Sinto o cheiro da sua pele,

Ela me embriaga,

Sinto sede na sua boca,

Ela me molha com tesão,

E com tesão eu beijo seu corpo,

Que vai se entregando à minha língua,

Que com maestria percorre toda a sua vontade,

Te deixando bem perto de sorrisos,

De murmúrios , de gritos de desejos

De olhar em meus olhos

E quase desfalecendo,

Segurar minha mão e gritar meu nome,

Como sendo a última chance,

Pra segurar aquele prazer irreversível,

Que percorre todo o corpo e se instala,

Entre o amor e o prazer.

25/04/21

Destaque
Tags
Nenhum tag.